Pais, acompanhem seus filhos

Por Portal Opinião Pública 13/02/2020 - 13:34 hs

Nos últimos dias, tem viralizado pelo país alguns vídeos de crianças e adolescentes praticando, como eles dizem, uma nova “brincadeira”. Chamada “Desafio da Rasteira”, a nova “moda” consiste em derrubar um colega aplicando-lhe uma rasteira quando este pular. Infelizmente, como já era de se esperar, já houve um caso fatal por conta desta prática, em novembro do ano passado no Rio Grande do Norte, quando a “brincadeira” ainda não havia se tornado tão popular. Além disso, essa ação pode causar problemas como traumatismo craniano e fratura da coluna.

A popularização de uma prática como essa é um alerta aos pais, para que eles acompanhem mais de perto o que seus filhos estão fazendo. Cabe aos responsáveis pelas crianças prezar por sua integridade, pois em muitos casos, os menores ainda não têm a devida noção do perigo que uma “simples brincadeira” pode trazer.

Para muitos jovens, o “Desafio da Rasteira” realmente não passa de uma diversão, pois não traz consequências mais graves. Na grande maioria das vezes, quem é derrubado logo se levanta sem maiores escoriações e pronto para poder dar uma rasteira no próximo amiguinho. Assim, a “brincadeira” sempre continua e só para quando alguém se machuca de verdade. Por isso, cabe aos pais alertar seus filhos sobre os riscos dessa nova “moda”, tentando prevenir que um acidente mais sério aconteça com seu filho, ou atinja o filho de um parente, amigo ou vizinho.

Aliás, procure acompanhar tudo o que seu(s) filho(s) faz, seja na escola, nos momentos de diversão com os amigos ou na internet para poder orientá-lo sempre a tomar as melhores decisões e fazer aquilo o que é certo.